Suivez-nous

Accueil > S’informer > Dossiers > No Limite

No Limite

Introduction

Pourquoi Rio + 20 n’a pas de réponse à la crise environnementale

, por IBASE

Résumé en français : Cette édition spéciale de la revue Democracia Viva (Démocratie Vive) de l’Institut Brésilien d’Analyse Sociale et Economique (IBASE) présente les raisons pour lesquelles la Conférence des Nations Unies sur le développement durable, Rio +20, ne peut pas apporter de réponses à la crise environnementale. A travers une dizaine d’articles en portugais, la revue démontre que le modèle capitaliste actuel est insoutenable.

PNG - 180.1 ko
Capa da edição especial sobre a Rio +20
Ibase

Esta edição de Democracia Viva chega no mesmo mês da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, e da Cúpula dos Povos na Rio+20, evento da sociedade civil. O Ibase, que edita a Democracia Viva, faz parte do Grupo de Reflexão e Apoio ao Processo Fórum Social Mundial (Grap), que integra o comitê organizador da Cúpula dos Povos. O Ibase compartilha das críticas da Cúpula à conferência oficial e ao insustentável modelo capitalista atual.

O dossiê deste número 48 de Democracia Viva detalha essas críticas, como na entrevista de Pablo Solón, ex-embaixador da Bolívia nas Nações Unidas, sobre a chamada “economia verde”, um dos principais temas da Rio+20 oficial. A revista também apresenta alternativas ao modelo atual. Cândido Grzybowski e Michael Löwy discutem propostas para um novo paradigma civilizatório.

O dossiê destaca as ações e ideias da juventude sobre o meio ambiente e o processo da Rio+20. O Ibase há um ano desenvolve o projeto Cidade, mudanças climáticas e ação jovem, em parceria com o Grupo Eco, da favela Santa Marta, no Rio de Janeiro, e o Instituto Formação Humana e Educação Popular (IFHEP), de Campo Grande, na zona oeste carioca. O projeto tem o apoio da Ajuda da Igreja Norueguesa (AIN) e da OD, uma ação de estudantes da Noruega em solidariedade a jovens de outras partes do mundo. A AIN e a OD também apoiam esta edição da Democracia Viva. O outro apoiador deste número é a Ritimo, rede de informações para o desenvolvimento sustentável e a solidariedade internacional.

O projeto Cidade, mudanças climáticas e ação jovem e as discussões que ele envolve são o tema do artigo de Marina Ribeiro e Patrícia Lânes nesta Democracia Viva. Bruno Pinheiro, Camila Mello e Thiago Alexandre Moraes, da Rede da Juventude pelo Meio Ambiente (Rejuma), opinam que a crise ambiental também representa uma “injustiça geracional”. Daniel Souza, Hanne Sofie Lindahl e Mattias Rolighed, Bergset comentam sobre os efeitos da Rio+20 para a juventude. Edio Araújo e Robson Borges relatam o trabalho e os obstáculos que enfrentam na Cooperativa de Reciclagem Eu Quero é Liberdade, no Rio de Janeiro.

Democracia Viva 48 conta ainda, entre outras seções e artigos, com a crítica de Pedro Vicente Bittencourt à atual política de repressão ao crack, o ensaio fotográfico “O Pinheirinho é aqui” do grupo Favela em Foco e a análise de Carlos Bittencourt, Padre Dario Bossi e Rodrigo Santos sobre o papel da mineração na economia brasileira e os problemas socioambientais causados pela atividade. A entrevista especial deste número é com Pedro Markun, da Transparência Hacker. Imperdível!

Acessar a revista Democracia Viva 48 on line

Agenda

Tout l'agenda