Tous les articles et traductions

, por ADITAL

Conflitos envolvendo a água cresceram 93,3%, aponta estudo da CPT

Por Tatiana Félix

José Maria Filho era a maior liderança social da região da Chapada do Apodi, no interior do Ceará. Ele estava presente nas manifestações sociais denunciando as violações dos direitos humanos e, principalmente, a contaminação da água pelo uso indiscriminado de agrotóxicos na região. Por causa disso é que (...)

Arabismo: um tema e suas representações no Brasil e em Portugal

Coordenação: João Baptista M. Vargens e Paula da Costa Caffaro; 200.p ; R$ 22

Um novo livro, lançado pela editora carioca Almádena, traz artigos de alguns dos maiores especialistas brasileiros e portugueses em cultura árabe. A obra se chama Arabismo: um tema e suas representações no Brasil e em Portugal e reúne o pensamento e experiências de intelectuais que participaram do 1º (...)

, por ADITAL

Juventude indígena em situação de risco

Por Ricardo Verdum

A violência relacionada com os povos indígenas no Brasil é um tema recorrente nos estudos e avaliações sobre a situação dos direitos humanos no país. A academia também tem abordado o assunto a partir de diferentes perspectivas, especialmente, as ciências sociais e a saúde pública.
São formas de (...)

, por Carta Maior

As cordas que movem o conflito no Oriente Médio

Por Robert Fisk

Há uma mudança no mundo político, social e cultural do Oriente Médio. Criará muitas tragédias, levantará muitas esperanças e derramará demasiado sangue. Talvez seja melhor ignorar os analistas e seus think-tanks, cujos "especialistas” idiotas dominam os canais de televisão globais. Se os tchecos puderam (...)

, por NASSER Reginaldo

O Egito a caminho da revolução. O que fazer?

Agência Carta Maior

Aqueles que temem o crescimento do “islamismo radical” como fator de instabilidade nessa região, deveriam estar mais atentos em relação às “ditaduras amistosas” que, na verdade, são as principais responsáveis pela insegurança no mundo. Desemprego em massa, preços dos alimentos e repressão política é uma (...)

, por CAVA Bruno

No carnaval a multidão se faz poeta

Por Bruno Cava, em sua coluna Crítica Nômade, para o Outras Palavras

Resenha de SZANIECKI, Bárbara, Estética da multidão, Rio de Janeiro: 2007, Civilização Brasileira, 1ª ed., coleção A política no império, 162 pág.
O título ousa sugerir a elaboração de uma Estética. Tomada na acepção forte, com maiúscula, a tarefa implicaria fabular no âmbito da filosofia da arte e produzir (...)

, por TAVARES Elaine

Sou negro!

ALAI

O cinema já imortalizou esta cena. Zumbi dos Palmares, resistindo até o último momento, no alto da Serra da Barriga, comandando mais de 50 mil almas, preferindo a morte digna que a rendição. Não sem razão que esta passou a ser a principal figura do panteão de heróis do povo negro. E haveria de ter (...)

A palmeira dendém em Angola

Em Angola, as palmeiras são uma vegetação característica do norte e dos planaltos de Benguela (1). Angola é o país mais a sul da África onde se desenvolve naturalmente o dendezeiro (2) (chamado palmeira dendém nesse país). Essa é a razão que explica que em maio de 2010, a Indonésia e a Malásia tenham (...)

, por Outras Palavras

Dez séculos de discriminação

Por Mário de Queiroz, Agência IPS

“Enquanto o racismo na América voltou-se contra os antigos escravos africanos e indígenas, o racismo europeu sempre focou em seus antigos escravos ciganos. A atual perseguição na França e Itália confirma este fenômeno”.
A denúncia foi feita pelo antropólogo José Pereira Bastos, professor da Universidade (...)

Mapuches, os chilenos dos quais não falamos

Por Alain Devalpo, Le Monde Diplomatique | Traduzido por Cauê Seigne Ameni

São chilenos, cerca de trinta. Estão privados de liberdade e em ameaça constante de morte. Não são os mineradores bloqueados na mina situada ao norte do Chile, cujo drama a mídia relata. São os “PPM” — os “presos políticos mapuches”, como eles próprios se definem –, em greve de fome desde 12 de julho na (...)

, por Outras Palavras

Graffiti: arte de rua, poesia e protesto

Por Carolina Gutierrez

Enfeitar a cidade, transformar o urbano com uma arte viva, popular, da qual as pessoas participem, é a minha intenção. (Alex Vallauri)
Para começo de conversa é graffiti! Grafite é aquele bastão fininho que tem dentro do lápis que serve para escrever. Mas graffiti também é escrita. Escrita inscrita (...)

, por Intervozes

Contribuições para a Construção de Indicadores do Direito à Comunicação.

Intervozes apresenta livro que traz contribuições para o desenvolvimento de meios para a população aferir a efetivação do direito à comunicação em determinada cidade, estado ou país. A publicação foi apresentada no debate e lançamento da publicação sobre Indicadores de Desenvolvimento da Mídia, editada pela (...)

“Candidato tem que se conectar com os movimentos sociais”

http://blogdomaturo.blogspot.com

O raper MV Bill diz que não faz campanha para ninguém, mas aposta em continuidade
Alex Pereira Barbosa, 35 anos, filho do bombeiro hidráulico Mano Juca e da dona de casa Cristina, nasceu na comunidade da Cidade de Deus, zona oeste carioca, onde mora até hoje. Este é MV Bill, um dos rapers mais (...)

, por Ciranda Brasil

Mulheres protestam contra sua criminalização

“Nenhuma mulher faz aborto porque gosta. Um aborto acontece porque, naquele momento da vida, é a única saída frente a uma gravidez indesejada.” Este é o primeiro parágrafo do folheto distribuido pela Frente em São Paulo, em manifestação realizada na Praça João Mendes, próxima ao Fórum e vários órgãos (...)

, por Rede povos da floresta

Multiplicadores do conhecimento

Durante dez dias do mês de abril, na aldeia Apoena Meireles, em Rondolândia, no Estado do Mato Grosso, aconteceu a Formação em Audiovisual, que é ministrada pelo Projeto Vídeo nas Aldeias, em parceria com a Rede Povos da Floresta (RPF), e faz parte do projeto de implantação dos trinta Pontos de (...)

, por Carta Maior

Tributação desigual e miséria, saldos da hegemonia neoliberal

por Hideyo Saito

Sistemas tributários favoráveis aos ricos são herança da fase de hegemonia neoliberal no mundo, consolidada a partir do final dos anos 1970. Houve ampliação do fosso entre ricos e pobres e aumentou a miséria e a fome no mundo, em pleno século XXI, quando a humanidade dispõe de meios técnicos e recursos (...)

, por Carta Maior , ESCRIBANO Marcela

O DNA de Piñera e o drama chileno

No rastro de destruição deixado pelo terremoto, também ruiu uma parcela da ideologia enaltecedora do modelo neoliberal que Piñera representa. Diante da tragédia, salta aos olhos do mundo a debilidade da rede de proteção social do país. A ajuda pública demorou inexplicavelmente a chegar a cidades (...)