Encarceradas por abortar: mexicanas cumprem penas de até 30 anos em Guanajuato

, por Opera Mundi

Guanajuato, estado localizado na região central do México, é historicamente conhecido pela ampla oferta de atrações culturais e turísticas. No entanto, outra faceta se mantém alheia aos visitantes. No estado, mulheres estão suscetíveis a condenações de até 30 anos por abortarem, mesmo em casos espontâneos. A explicação para esse fenômeno – condenado pela ONU (Organização das Nações Unidas) e por grupos de direitos humanos mexicanos – encontra raízes culturais e religiosas. Leia mais

Nouveautés

Formations

Ressources documentaires

Campagnes

À lire sur les sites des membres

Agenda

Tout l'agenda