Accueil > S’informer > Articles et traductions > Transgênicos contaminam as sementes (...)

Transgênicos contaminam as sementes crioulas. Entrevista especial com Magda Zanoni

, por Instituto Humanitas Unisinos (IHU)


“Há risco de consumo de transgênicos porque inexistem estudos epidemiológicos que comprovem a não existência de riscos”, declara a bióloga.

Embora tenha crescido a produção de transgênicos no mundo, não é possível comprovar os benefícios agrícolas e econômicos da transgenia. De acordo com a organizadora do livro Transgênicos para quem? Agricultura, Ciência, Sociedade (Brasilia: Nead, 2011), o tema ainda não é consenso entre os cientistias. “Enquanto a Monsanto faz estudos de impacto em um prazo mínimo, com um número reduzido de animais que alimentam-se de transgênicos, há cientistas como Gilles-Eric Serralini, que realizam estas pesquisas há vários anos, tendo já obtido resultados sobre as modificações fisiológicas dos animais de experimento que corroboram com a presença de riscos”, aponta.

Defensora de uma ciência cidadã, Magda Zanoni argumenta que os novos estudos científicos devem considerar “as necessidades reais da população em termos de saúde e alimentação”. Em entrevista à IHU On-Line, concedida por e-mail, ela informa que atualmente quatro milhões de pessoas morrem de malária no mundo e, portanto, a transgenia não deve ser prioridade. E reitera: “A sociedade civil deve ter um papel preponderante na escolha das linhas de pesquisa e das inovações tecnológicas”.

http://www.ihu.unisinos.br/entrevis...

Agenda Tous les événements

S'abonner aux lettres Les dernières lettres

Suivez-nous